Quem sou eu

Minha foto
Brasília, DF, Brazil
Mtad d mim é o q eu grito mas a outra metad é silêncio. pq metad d mim é partida mas a outra metad é saudad.1 mulher inundada d sentimentos pq metad d mim é o q ouço mas a outra metad é o q calo. metade d mim é o q penso mas a outra metad é um vulcão. metad d mim é a lembrança do q fui e a outra metad eu não sei.metad d mim é abrigo mas a outra metad é cansaço. E q a minha loucura cja perdoada pq metad d mim é amor e a outra metad tb.

02/06/2008

Viva pra Deus ou viva por Ele???


Hoje, o assunto é algo que de três, uma: ou significa a base de tudo para muitas pessoas, ou não passa de mais uma grande invenção... porém sem importância, ou não fede nem cheira, mas respeita-se... Eis que falo da Bíblia “Sagrada”.
É estranho eu estar tocando nesse assunto...logo eu que cresci dentro da igreja Católica e até então tenho seguido muitos de seus dogmas. A culpa disso tudo é de um Super Amigo meu... que um dia numa conversa, me questionou a respeito da veracidade dos livros da Biblia e para meu espanto, fiquei completamente sem respostas e rendida àquela posição de burro de carga...que aceita os fatos como são mostrados sem questionar como, onde, quem, ou porquê?
O negócio é o seguinte, como eu... milhões de pessoas de fato acreditam que a Bíblia é a palavra inspirada por Deus – gerações e gerações têm este livro como um guia, um conselheiro e um consolador, que preenche o presente com paz e o futuro com esperança, já o passado... este é preenchido pelo: não se arrependa de nada, afinal tudo acontece por um motivo não é mesmo?! Civilizações inteiras acreditam que este livro é a revelação da sabedoria e do amor de Deus. Eu faço parte desse grande percentual, mas e aí... quem me garante que eu escolhi a pílula certa dessa Matrix em que vivemos... quem me garante que o inferno existe e que é prá lá que eu vou se não me arrepender de desejar o homem da próxima... Em contrapartida de onde vem esta paz de espírito que alcançamos quando estamos na presença de algo Divino... e se não houver esse algo Divino...estamos falando de quem ou do quê? E as coisas que nos acontecem sem a menor explicação...seria apenas sorte como acredita esse meu amigo... ou milagres existem e acontecem?
Quem sou eu para responder a todas essas perguntas...mas preciso ao menos sair de cima do muro e decidir que lado ficar, rever meus pontos de vista... Escolher entre o ateísmo de filósofos como Sartre ou Feuerbach que acreditavam na “má-fé” caracterizada pela anulação da responsabilidade do homem ao aceitar a crença em Deus e na religião... ou se opto por ser discípula da oposição em que Descartes conclui que “Deus existe pelo fato de a sua idéia existir em nós”... Quanta complexidade!!!
Enquanto não me decido vou seguir os conselhos da minha sábia mãe, que me disse pra na dúvida... ser uma pessoa boa, de coração bom...porque com céu ou sem céu para todos, para um lugar ruim é que eu não vou fazendo o bem...graças a Deus...hihihihiih.

3 comentários:

Andressa disse...

Um dia desses eu táva pensando na mesma coisa, na verdade, eu acho que a gente pensa nisso todo dia.
Aí eu li esse trechinho de um texto de Einstein falando sobre isso e acho que é mais ou menos como a gnt pensa.
Faz bem pensar que existe algo bom esperando a gnt.


"Saber que existe algo insondável, sentir a presença de algo profundamente racional, radiantemente belo, algo que compreendemos apenas em forma rudimentar — esta é a experiência que constitui a atitude genuinamente religiosa. Neste sentido, e neste sentido somente, eu pertenço aos homens profundamente religiosos."

Andressa disse...

Um dia desses eu táva pensando na mesma coisa, na verdade, eu acho que a gente pensa nisso todo dia.
Aí eu li esse trechinho de um texto de Einstein falando sobre isso e acho que é mais ou menos como a gnt pensa.
Faz bem pensar que existe algo bom esperando a gnt.


"Saber que existe algo insondável, sentir a presença de algo profundamente racional, radiantemente belo, algo que compreendemos apenas em forma rudimentar — esta é a experiência que constitui a atitude genuinamente religiosa. Neste sentido, e neste sentido somente, eu pertenço aos homens profundamente religiosos."

Prg. Douglas Wesley disse...

Isso é uma questão de fé, em uma parte dessa postagem vc fala:"Eu faço parte desse grande percentual, mas e aí... quem me garante que eu escolhi a pílula certa dessa Matrix em que vivemos... quem me garante que o inferno existe e que é prá lá que eu vou se não me arrepender de desejar o homem da próxima... Em contrapartida de onde vem esta paz de espírito que alcançamos quando estamos na presença de algo Divino... e se não houver esse algo Divino...estamos falando de quem ou do quê? E as coisas que nos acontecem sem a menor explicação...seria apenas sorte como acredita esse meu amigo... ou milagres existem e acontecem?"

Ai eu deixo as seguintes perguntas e tópicos para vc refletir melhor:

1ºE se Deus realmente existir?
2ºE se o inferno existir realmente?
3ºNada é por acaso.Ex:O PLANETA TERRA:não está nem tão longe e nem tão perto do sol,a inclinação certa para que a vida possa perdurar por anos.

Pode ter certeza que como o inferno existe DEUS TAMBÉM EXISTE.